Petrobras

/ Seleção Pública de Projetos 2012


Banner Home

Resultado

Conheça os projetos selecionados na Seleção Pública do Programa Petrobras Ambiental escolhendo a região ou clicando no mapa.


Região:


Linha de atuação:

Região

Acre

Território Indígena

Instituição: Associação Movimento dos Agentes Agroflorestais Indígenas do AC
Linha de atuação: Fixação de carbono e emissões evitadas
O projeto Território Indígena irá incrementar a produção agroflorestal em quatro regiões indígenas do Acre através de SAF’s, fortalecendo a extensão agroflorestal e a produção de alimentos, garantindo dessa forma a segurança alimentar de povos indígenas locais.

Fixação de carbono e emissões evitadas com base na:
- Reconversão produtiva de áreas
- Recuperação de áreas degradadas
- Conservação de florestas e áreas naturais

Amazonas

Raízes do Purus

Instituição: Operação Amazônia Nativa
Linha de atuação: Fixação de carbono e emissões evitadas
O projeto Raízes do Purus irá desenvolver ações voltadas para a valorização das terras indígenas do médio rio Purus por meio do apoio ao estabelecimento de estratégias de gestão destes territórios, fortalecendo as formas de organização social de seus povos.

Fixação de carbono e emissões evitadas com base na:
- Conservação de florestas e áreas naturais

Peixes da Floresta

Instituição: Associação Piagaçu
Linha de atuação: Recuperação ou conservação de espécies e ambientes costeiros, marinhos e de água doce
Promover a conservação e manutenção da biodiversidade de peixes amazônicos no rio Purus, por meio do manejo comunitário participativo, recuperação de seus habitats e implementação de um Programa de Educação Ambiental que ressalte a importância ecológica dos peixes para biota Amazônica junto às comunidades ribeirinhas e população dos grandes centros urbanos.

Projeto Pé-de-pincha

Instituição: Fundação de Apoio Institucional Rio Solimões
Linha de atuação: Recuperação ou conservação de espécies e ambientes costeiros, marinhos e de água doce
Conservar as populações de quelônios (Podocnemis unifilis, P. sextuberculata, P. expansa e P. erytrocephala) do médio rio Amazonas e rio Juruá de forma participativa, envolvendo comunidades e instituições locais, através da capacitação e acompanhamento da Universidade Federal do Amazonas.

Alagoas

Renas-Ser

Instituição: Organização de Preservação Ambiental
Linha de atuação: Gestão de corpos hídricos superficiais e subterrâneos
Contribuir para a recuperação da biodiversidade no semiárido, através da conservação e recuperação das nascentes, associado a amplo programa de educação ambiental.

Bahia

Projeto CO2 MANGUEZAL

Instituição: Fundação Vovó do Mangue
Linha de atuação: Fixação de carbono e emissões evitadas
Produção de mudas de mangue das três espécies mais encontradas na região da Baía de Todos os Santos [BTS], no intuito de recuperar áreas degradadas, dentro da APA Baía de Todos os Santos, implementando, como ação complementar, atividades de educação ambiental voltada para a conservação de recursos naturais. Fixação de carbono e emissões evitadas com base na:
-Recuperação de áreas degradadas

Águas do Jacuípe

Instituição: Instituto de Permacultura da Bahia
Linha de atuação: Fixação de carbono e emissões evitadas
O projeto Águas do Jacuípe irá recuperar áreas degradadas através do reflorestamento de matas cililares utilizando-se de SAF’s (Sistemas Agroflorestais) em dois afluentes do rio Jacuípe: riacho do Urubu e rio Camizãozinho, assessorando famílias de agricultores locais.
Fixação de carbono e emissões evitadas com base na:
- Recuperação de áreas degradadas

Pescando Consciente

Instituição: PANGEA - Centro de Estudos Socioambientais
Linha de atuação: Recuperação ou conservação de espécies e ambientes costeiros, marinhos e de água doce
Desenvolver ações integradas para a recuperação e conservação das espécies costeiras e marinhas utilizadas pelas comunidades tradicionais do município de Marau.

Ceará

Projeto Florestação

Instituição: Centro de Estudos de Trabalho e Assessoria ao Trabalhador - CETRA
Linha de atuação: Fixação de carbono e emissões evitadas
Fortalecimento das capacidades de agricultores(as) agroecológicos (as) dos Vales do Curu e Aracatiaçu, de forma a ampliar a sustentabilidade ambiental de seus agroecossistemas e comunidades, promovendo a reconversão produtiva e recuperação de áreas degradadas e conservação de áreas de vegetação natural
Fixação de carbono e emissões evitadas com base na:
-Conservação de florestas e áreas naturais;
-Reconversão produtiva de áreas
-Recuperação de áreas degradadas

Distrito Federal

Projeto Agrofloresta

Instituição: ASTRAC - Associação dos Trabalhadores Rurais de Três Conquistas
Linha de atuação: Fixação de carbono e emissões evitadas
Implantação de unidades de Sistemas Agroflorestais, para recuperação ambiental de área degradada do cerrado em assentamento de reforma agrária no DF
Fixação de carbono e emissões evitadas com base na:
-Reconversão produtiva de áreas

Espírito Santo

Plantadores de Água

Instituição: Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Alegre
Linha de atuação: Gestão de corpos hídricos superficiais e subterrâneos
Formar Plantadores de Água visando ampliar conhecimentos e promover práticas de uso racional de recursos hídricos em comunidades de agricultores familiares do Município de Alegre.

Projeto Mata Ciliar

Instituição: CSCJB - Centro Sócio Cultural José Bahia
Linha de atuação: Fixação de carbono e emissões evitadas
Produção de mudas e recuperação de mata ciliar em propriedades do Assentamento Paulo Cesar Vinhas, localizado na zona de amortecimento do Parque Estadual de Itaúnas
Fixação de carbono e emissões evitadas com base na:
-Recuperação de áreas degradadas

Projeto Recanto Feliz

Instituição: Pró-Brasil - Instituto Brasileiro de Desenvolvimento Social
Linha de atuação: Fixação de carbono e emissões evitadas
Recuperar áreas degradadas e promover a conservação dos recursos naturais em área de preservação permanente (APP), na microbacia Alto Paraju Oeste, reconvertendo áreas produtivas nas margens do braço sul do rio Jacu, com o estabelecimento de sistemas produtivos sustentáveis.
Fixação de carbono e emissões evitadas com base na:
-Conservação de florestas e áreas naturais;
-Reconversão produtiva de áreas
-Recuperação de áreas degradadas

Goiás

Pé de Cerrado

Instituição: Núcleo de Organização e Valorização da Mulher
Linha de atuação: Gestão de corpos hídricos superficiais e subterrâneos
Recuperação e conservação de nascentes e matas ciliares, integrando tecnologias sustentáveis com a participação comunitária.

Preserve e Sustente

Instituição: Associação dos Remanescentes do Quilombo de Pombal
Linha de atuação: Gestão de corpos hídricos superficiais e subterrâneos
Recuperar e conservar as nascentes, os recursos hídricos e áreas degradadas com desenvolvimento de práticas agroecológicas sustentáveis, com foco na participação coletiva e educação ambiental, contribuindo para melhorar a qualidade da água e da vida dos agricultores familiares de Santa Rita do Novo Destino e propiciar melhor aproveitamento dos recursos naturais, agregando valores aos produtos nativos reduzindo o desgaste ambiental gerado pela expansão agropecuária.

Projeto Verde Vida

Instituição: Associação Gente do Cerrado
Linha de atuação: Fixação de carbono e emissões evitadas
Promover a reconversão de áreas degradadas do Assentamento Vitória, através de sistemas alternativos de uso do solo e da água, integrado a tecnologias sociais e permaculturais, com a participação da comunidade.
Fixação de carbono e emissões evitadas com base na:
- Reconversão produtiva de áreas
- Recuperação de áreas degradadas
- Conservação de florestas e áreas naturais

Minas Gerais

Nascentes Protegidas

Instituição: Associação de Proteção Ambiental
Linha de atuação: Gestão de corpos hídricos superficiais e subterrâneos
Contribuir para a gestão sustentável dos corpos hídricos através de recuperação e conservação de nascentes e utilização de tecnologias sociais voltadas para a gestão da água.

Projeto Rio Piranga

Instituição: Organização Ambiental Puro Verde
Linha de atuação: Gestão de corpos hídricos superficiais e subterrâneos
Revitalizar áreas de preservação permanente de nascentes e dos cursos de água, com objetivo de reverter os processos de degradação do solo, de recursos hídricos, e a preservação e recuperação da capacidade de carga de aqüíferos subterrâneos e ações de melhoria da qualidade e da quantidade da água.

Águas do Saraiva

Instituição: Centro Mineiro de Alianças Intersetoriais - CEMAIS
Linha de atuação: Gestão de corpos hídricos superficiais e subterrâneos
Promover a preservação e recuperação de nascentes e matas ciliares da microbacia do Córrego Saraiva por meio do envolvimento da comunidade local, de instituições públicas, privadas e entidades do terceiro setor.
Gestão de corpos hídricos superficiais e subterrâneos:
- Reversão de processos de degradação dos recursos hídricos
- Promoção e prática de uso racional dos recursos hídricos

Peixes de Água doce

Instituição: Instituto de Estudos Pró-Cidadania - PRÓ-CITTÀ
Linha de atuação: Recuperação ou conservação de espécies e ambientes costeiros, marinhos e de água doce
Ampliar o conhecimento técnico acerca das espécies de peixes da bacia do rio Grande, com relação à distribuição, ecologia, biologia comportamental e grau de ameaça antrópica, com o intuito de fornecer subsídios técnicos e educativos para instituições públicas e sociedade civil para a conservação das espécies em seu habitat natural.

Asas da Mata Atlântica

Instituição: Fundação Biodiversitas
Linha de atuação: Fixação de carbono e emissões evitadas
O projeto Asas da Mata Atlântica irá assegurar a preservação de remanescentes florestais de Mata Atlântica no longo prazo promovendo a restauração de áreas degradadas por meio do replantio de mudas nativas na Reserva Natural Mata do Passarinho, local de abrigo e refúgio da espécie Merulaxis stresemanni.
Fixação de carbono e emissões evitadas com base na:
- Recuperação de áreas degradadas

Mato Grosso

Projeto Interagir

Instituição: Associação O Povo Indígena da Nação Unida Tapirapé
Linha de atuação: Fixação de carbono e emissões evitadas
O projeto Interagir: unindo forças para recuperar, produzir e preservar no Vale do Araguaia é um projeto que visa interagir o conhecimento tradicional indígena e não-indígena dos agricultores familiares do município de Santa Terezinha para recuperar a integridade dos ecossistemas e a dignidade sócioambiental das comunidades da Terra Indígena Tapirapé/Karajá e do Projeto de Assentamento Presidente com ações de recuperação de áreas degradadas, implantação de Sistemas Agroflorestais e revitalização de matas ciliares, além de ações de educação ambiental para conservação dos recursos naturais, principalmente a proteção das várzeas do Rio Araguaia e afluentes.
Fixação de carbono e emissões evitadas com base na:
-Conservação de florestas e áreas naturais;
-Reconversão produtiva de áreas
-Recuperação de áreas degradadas

Bichos do pantanal

Instituição: Instituto Sustentar de Responsabilidade Socioambiental
Linha de atuação: Recuperação ou conservação de espécies e ambientes costeiros, marinhos e de água doce
Ampliar o conhecimento para preservação de duas espécies da família Mustelidae, as Ariranhas e Lontras, da ictiofauna (peixes), englobando também espécies que coexistem e utilizam os cursos d’água no Pantanal e promover a conservação e a gestão sustentável através da educação ambiental e a conexão com a natureza. Trabalhar de forma integrada com as políticas públicas e alinhados às ações de conservação da biodiversidade do ICMBio, visando o desenvolvimento local e a preservação do meio ambiente, em conformidade com os “Objetivos do Milênio” e proporcionando à comunidade oportunidades de geração de emprego e renda e observação do meio ambiente sob o ponto de vista de interconexões entre seres humanos e os fenômenos naturais e sociais, usando a ciência da Ecologia.

Pará

Projeto Marajó Viva Pesca

Instituição: Instituto Peabiru
Linha de atuação: Recuperação ou conservação de espécies e ambientes costeiros, marinhos e de água doce
Implementar a utilização racional dos recursos pesqueiros, através dos Acordos de Pesca, para as espécies de peixe e camarão que estão em sobrepesca no Rio Canaticu em Curralinho, PA, amparado pelos conhecimentos tradicionais e pela pesquisa científica, bem como, sensibilizar as famílias usuárias sobre a importância da conservação dos recursos naturais, a fim de garantir a manutenção destas espécies. A sistematização e registro metodologia da experiência servirão de instrumento de discussão, reflexão e sensibilização para a reaplicabilidade da iniciativa em outros municípios do Marajó e em municípios do Estado do Amapá.

Paraíba

Sertão E.e Solidário

Instituição: Centro de Educação Popular e Formação Social - CEPFS
Linha de atuação: Gestão de corpos hídricos superficiais e subterrâneos
Promover a melhoria da qualidade de vida de agricultores/as familiares, na microrregião da Serra de Teixeira, a partir dos potencias e limites da região e de ações práticas e educativas, fortalecendo a agricultura familiar com práticas agroecológicas que possam incidir na redução dos impactos ambientais.
Gestão de corpos hídricos superficiais e subterrâneos:
- Reversão de processos de degradação dos recursos hídricos
- Promoção e prática de uso racional dos recursos hídricos

Paraná

Projeto Flora

Instituição: Instituto Latino Americano de Agroecologia, Educação, Capacitação e Pesquisa da Agricultura Camponesa Contestado - ICA
Linha de atuação: Fixação de carbono e emissões evitadas
O projeto Flora irá recuperar áreas degradadas por meio de SAF’s, formar e capacitar camponeses / assentados da reforma agrária através do processo de educação ambiental e de um processo dialógico entre conhecimento empírico e acadêmico em seis regiões do estado do Paraná.
Fixação de carbono e emissões evitadas com base na:
- Reconversão produtiva de áreas

Projeto Entre Rios

Instituição: Fundação de Apoio ao Desenvolvimento Institucional, Científico e Tecnológico da Universidade Estadual de Ponta Grossa
Linha de atuação: Gestão de corpos hídricos superficiais e subterrâneos
Fortalecer a integração em rede das entidades parceiras para promoção de estratégias de recuperação e conservação dos recursos hídricos, geração de renda, educação ambiental e desenvolvimento rural sustentável em unidades rurais de base familiar na região da Floresta com Araucária no estado do Paraná.

Pernambuco

Mulheres na Caatinga

Instituição: Casa da mulher do Nordeste
Linha de atuação: Fixação de carbono e emissões evitadas
Promover a recuperação de áreas degradadas da vegetação da Caatinga no Território do Pajeú, ampliando os processos de fixação de carbono, evitando emissões e os impactos do aquecimento global.
Fixação de carbono e emissões evitadas com base na:
-Recuperação de áreas degradadas

Águas de areias

Instituição: Associação Águas do Nordeste - ANE
Linha de atuação: Gestão de corpos hídricos superficiais e subterrâneos
Contribuir para a recuperação ambiental e gestão dos mananciais de águas de aluvião no Alto Rio Capibaribe, visando a sustentabilidade hídrica das populações rurais situadas nessa região do semiárido pernambucano.
Gestão de corpos hídricos superficiais e subterrâneos:
- Reversão de processos de degradação dos recursos hídricos
- Promoção e prática de uso racional dos recursos hídricos

Projeto Hippocampus

Instituição: Laboratorio de Aquicultura Marinha
Linha de atuação: Recuperação ou conservação de espécies e ambientes costeiros, marinhos e de água doce
O presente projeto tem como objetivo principal ações de conservação dos cavalos-marinhos com base nos estudos de dinâmica populacional nas várias regiões do País e da estruturação genética das populações ao longo da costa brasileira. Fundamentalmente será desenvolvido em três Estados (PE, CE e PI) um programa em educação ambiental, a fim de informar e orientar as comunidades envolvidas com o uso do recurso cavalo-marinho (tanto de turistas como de canoeiros/jangadeiros), direcionando-os para o uso sustentável das espécies. Será ampliada a área de atuação das atividades sociais com os projetos de geração de renda. Ao final do projeto será promovido um workshop para divulgação e integração dos resultados, consolidando o grupo formado como uma rede nacional de pesquisas em cavalos-marinhos.

Piauí

Projeto Biomade

Instituição: Instituto Tartarugas Do Delta
Linha de atuação: Recuperação ou conservação de espécies e ambientes costeiros, marinhos e de água doce
Registrar a fauna marinha ameaçada de extinção da Área de Proteção Ambiental do Delta do Parnaíba.

Rio Grande do Norte

Bioágua Familiar

Instituição: Assessoria consultoria, e Capacitação Técnica Orientada Sustentável - ATOS
Linha de atuação: Gestão de corpos hídricos superficiais e subterrâneos
Consolidar o Sistema Bioágua Familiar de reuso da água cinza (doméstica) como alternativa para a produção de alimentos e redução da contaminação ambiental nos quintais das famílias agricultoras da região semiárida brasileira.

Rondônia

Matas Ciliares

Instituição: Ação Ecológica Guaporé - ECOPORÉ
Linha de atuação: Fixação de carbono e emissões evitadas
Recuperar áreas degradadas na sub-bacia do rio Palha, a partir de ações de reflorestamento, com utilização de viveiro de produção de mudas como centro irradiador de ações
Fixação de carbono e emissões evitadas com base na:
-Recuperação de áreas degradadas

Sergipe

Águas do São Francisco

Instituição: SERGIPETEC
Linha de atuação: Gestão de corpos hídricos superficiais e subterrâneos
Recuperação de áreas degradas das bacias hidrográficas do rio Jacaré-Curituba e Betume, na região do Baixo São Francisco, promovendo a educação ambiental e contribuindo para o uso sustentável dos recursos naturais.

Rio Grande do Sul

Rio Limpo

Instituição: Associação de Preservação da Natureza Vale do Gravatai
Linha de atuação: Gestão de corpos hídricos superficiais e subterrâneos
Constituir um ambiente de diálogo entre a população residente nos sistemas hidrográficos Gravataí, Sinos e Delta do Jacuí e as companhias de saneamento, bem como, os órgãos de gestão de bacias, com o objetivo de melhorar os índices de tratamento de esgotos, práticas de uso racional de recursos hídricos e a adequada gestão dos resíduos sólidos.
Gestão de corpos hídricos superficiais e subterrâneos:
- Reversão de processos de degradação dos recursos hídricos
- Promoção e prática de uso racional dos recursos hídricos

Tartarugas no mar

Instituição: Núcleo de Educação e Monitoramento Ambiental - NEMA
Linha de atuação: Recuperação ou conservação de espécies e ambientes costeiros, marinhos e de água doce
Reduzir a mortalidade das tartarugas marinhas causada pela captura incidental na pesca no sul do Brasil, a partir de ações integradas de pesquisa, gestão e envolvimento comunitário.

Rio de Janeiro

Projeto Guapiaçu Grande Vida

Instituição: REGUA - Reserva Ecológica de Guapiaçu
Linha de atuação: Fixação de carbono e emissões evitadas
Fortalecer o ecossistema da alta bacia do rio Guapiaçu, por meio da restauração florestal e captura de carbono, promovendo a conexão de fragmentos, proporcionando aumento do fluxo genético e ganho para a biodiversidade.
Fixação de carbono e emissões evitadas com base na:
-Conservação de florestas e áreas naturais;
-Recuperação de áreas degradadas

Águas do Alcântara

Instituição: Instituto Interdisciplinar Rio Carioca
Linha de atuação: Gestão de corpos hídricos superficiais e subterrâneos
Identificar e reverter os processos de degradação encontrados na Bacia do Rio Alcântara, contribuindo para a conscientização ambiental da população local e melhoria da qualidade da água ao longo do seu curso.

Abrace o boto-cinza!

Instituição: Instituto Boto Cinza
Linha de atuação: Recuperação ou conservação de espécies e ambientes costeiros, marinhos e de água doce
Ampliar o conhecimento técnico-científico sobre a população de botos-cinza (Sotalia guianensis) da Baía de Sepetiba, por meio de estudos científicos e de ações de educação ambiental, a fim de fomentar políticas públicas e conservar os recursos naturais.

Projeto Garoupa

Instituição: Associação Ambientalista Terra Viva
Linha de atuação: Recuperação ou conservação de espécies e ambientes costeiros, marinhos e de água doce
Conservação de populações naturais do Mycteroperca marginata na costa do Sudeste do Brasil

Santa Catarina

Projeto Araucária - Restauração e Conservação da Floresta com Araucária

Instituição: Associação de Preservação do Meio Ambiente e da Vida
Linha de atuação: Fixação de carbono e emissões evitadas
O "Projeto Araucária - Restauração e Conservação da Floresta com Araucária" tem como objetivo principal conservar e recuperar remanescentes florestais e espécies-chave do Bioma Mata Atlântica através da implantação de sistemas agroflorestais, recuperação de áreas degradadas e enriquecimento de florestas secundárias, promovendo o uso sustentável dos recursos naturais e possibilitando a geração de renda.
Fixação de carbono e emissões evitadas com base na:
-Conservação de florestas e áreas naturais;
-Reconversão produtiva de áreas
-Recuperação de áreas degradadas

São Paulo

Plantando Águas

Instituição: The Green Initiative
Linha de atuação: Gestão de corpos hídricos superficiais e subterrâneos
Desenvolver e consolidar atividades para adequação ambiental de propriedades rurais no estado de São Paulo, com foco em recuperação e conservação dos recursos hídricos.

Tecendo Águas

Instituição: Associação Super Eco de Integração Ambiental e Desenvolvimento da Criança
Linha de atuação: Gestão de corpos hídricos superficiais e subterrâneos
Contribuir para a recuperação da qualidade dos recursos hídricos do Sistema de Abastecimento Porto Novo – São Sebastião e Sistema São Francisco, no Corredor de Biodiversidade da Serra do Mar – SP.

Semeando Água

Instituição: IPÊ - Instituto de Pesquisas Ecológicas
Linha de atuação: Gestão de corpos hídricos superficiais e subterrâneos
Reverter processos de degradação dos corpos hídricos na região do Sistema Cantareira através de mudanças no uso e ocupação do solo.

Caravana da Luz

Instituição: Estação Luz Espaço Experimental de Tecnologias Sociais
Linha de atuação: Gestão de corpos hídricos superficiais e subterrâneos
Contribuir para o desenvolvimento integrado dos assentamentos Silvio Rodrigues e Mario Lago através de promoção e prática de uso racional de recursos hídricos.

Pescador Responsável

Instituição: Projeto Biopesca
Linha de atuação: Recuperação ou conservação de espécies e ambientes costeiros, marinhos e de água doce
Capacitar pescadores e sensibilizar as comunidades costeiras e turistas sobre as práticas de pesca responsável, consumo consciente de pescado e a importância da preservação do ambiente marinho, bem como monitorar o impacto das capturas acidentais de cetáceos e tartarugas marinhas no litoral central do Estado de São Paulo.